Antes de se unir às feministas radicais, leia esse relato.

Uma texto muito, muito importante.

À margem do feminismo

Este post não deve ser encarado como mera experiência pessoal e isolada. Defendo que é ingenuidade ver assim. A motivação é pessoal, claro, como absolutamente tudo que é produzido por autoria. O Segundo Sexo foi fruto de motivação pessoal, por exemplo.

Antes de se unir às feministas radicais, ouça quem já esteve lá e vazou por incoerência. E, leia até o fim ou nem comente pois nem tudo aqui vai ser previsível.

O que é o feminismo radical? Em minha palavras, é um feminismo materialista, americano, nascido na década de 70 e com riqueza de discussão da práxis feminista. Muitas feministas radicais foram mais que teóricas, foram críticas da prática feminista. Ele se contrapõe ao liberal por não ver como solução o empoderamento de indivíduos, mas derrubada de um sistema, no caso o patriarcado. E ele não é marxista pois não vê o capitalismo como a raiz das opressões, mas…

View original post 2,950 more words

Advertisements

Create a free website or blog at WordPress.com.